Praticando a autogentileza e te convidando a fazer o mesmo.
Se tá difícil demais, descansa.

É melhor um descanso preventivo agora do que uma parada obrigatória e não planejada que incapacita por dias, semanas, meses e anos.

É desumano esperar que continuemos seguindo a vida como se nada estivesse acontecendo.

(Sim, eu moro longe do Brasil.
E sim, isso me afeta também.)

Se precisar, chora.
Para.
Descansa.
Desaba.
Você vai conseguir voltar melhor.

Essa pandemônia não é corrida de 100m,
é maratona – cheia de obstáculos.
Não te arrebenta.

Dorme.
Vê um seriado.
Assiste uma comédia.
Borda alguma coisa.
Pinta alguma coisa.
Liga pra alguém.

A gente precisa de você (minimamente) bem.

Com amor,
Carol Milters 💛

<b>CAROL</b> MILTERS

CAROL MILTERS

Escritora & Investigadora da Saúde Mental no Trabalho | Síndrome de Burnout & Workaholismo

DEIXE SEU COMENTÁRIO E CONTINUE A CONVERSA

0 0 votes
Avaliação deste texto
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Artigos e dicas sobre saúde mental no trabalho, síndrome de Burnout, workaholismo e escrita terapêutica no seu e-mail:

MAIS DROPS

Compaixão

Compaixão é uma palavra que anda presa aqui na garganta, querendo sair. Querendo se expressar no mundo, querendo contagiar e se fazer presente em mim.Compaixão

Continue lendo »
0
O que achou deste texto? Me conta nos comentários 💛 x
()
x