Crônicas

Síndrome do impostor

Arquivo_000 (3)

Sabe o que essas pessoas da foto tem em comum? (Além, é claro, de serem rycas e famosas)

Todas elas já declararam publicamente sofrer da Síndrome do Impostor, ou Impostorismo – um padrão de comportamento que nos faz questionar a nossa capacidade e uma voz interna que diz que não somos bons o suficiente pra ocupar determinado cargo ou espaço.

O impostorismo acomete boa parte de nós – independente do cargo, gênero ou conta bancária, mas ele fere especialmente quem é parte de populações socialmente marginalizadas. É como se a voz interna encontrasse um eco no mundo, que diz que você precisa ficar quietinha na sua, não fazer alarde e não ambicionar por uma vida mais próspera.

E como faz pra acabar com o impostorismo, você ms pergunta?

A verdade é que talvez essa sensação te acompanhe por toda a vida – e ela só aumenta à medida que conquistamos mais e mais espaços.

Mas o que pode mudar é a sua relação com a voz interna que diz que você é uma fraude e vai ser descoberto a qualquer momento.

Saber que isso não acontece só com você já ajuda, bastante. Reconhecer que a nossa voz interna nem sempre sabe tanto das coisas assim também ajuda.

E não se agrida por se sentir insegura.
Acolha os seus medos como são: jeitos que o seu emocional aprendeu de se proteger da dor.
Agradeça-os pelas furadas que você já se livrou.
Relembre o quanto você já realizou na vida, guarde palavras positivas que dizem sobre você.
E siga adiante.

Carol Milters

Carol Milters

Escritora & Investigadora da Saúde Mental no Trabalho | Síndrome de Burnout & Workaholismo

Autora do livro "Minhas Páginas Matinais: Crônicas da Síndrome de Burnout", idealizadora da 1ª Semana Mundial de Conscientização da Burnout e do grupo de apoio online Burnoutados Anônimos.

DEIXE SEU COMENTÁRIO E CONTINUE A CONVERSA

0 0 votes
Avaliação deste texto
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Artigos e dicas sobre saúde mental no trabalho, síndrome de Burnout, workaholismo e escrita terapêutica no seu e-mail:

Mais crônicas

Nunca foi sorte

 A sorte e o inesperado são inegáveis.Chame isso de universo, de aleatoriedade, de Deus, de destino, mas entenda que não tá tudo na nossa mão.

Continue lendo »

Artigo em destaque

0
O que achou deste texto? Me conta nos comentários 💛 x
()
x