Crônicas

Histórias curam

IMG_2070

Desde antes das redes sociais,
ou da imprensa,
ou da palavra escrita,
já existia um jeito de passar o conhecimento e a sabedoria
através das pessoas,
dos povos
e das gerações.

Histórias.
Fábulas,
contos de aprendizado,
verdadeiras ou inventadas,
verossímeis ou simbólicas.

Quanto tempo a gente devota a um seriado,
a um livro,
a uma música,
a um vídeo,
a um podcast,
de alguém contando a sua história?

Isso pode parecer perda de tempo.
Mas só é se você desperdiçar as lições.

Eu aprendo com o Alexander Hamilton,
com o Randall Pearson,
com a Carrie Mathison,
com a Lilly Aldrin,
com a Charlotte,
com o Abed Nadir,
porque eu conheço as histórias deles.

Eu empatizo com as dores –
até demais,
mas aprendo também.

As voltas da vida me trouxeram a escrever um livro
e a contar um pouco da minha história pra quem nunca me viu na vida.

E eu conto essa história com orgulho,
porque sei que ela conecta com o que tem de humano em você,
com o que tem de dor e de alegria em você.

Eu espero que você aprenda ou se inspire um pouquinho comigo,
e que eu esteja honrando essa,
que é uma das dádivas mais lindas e antigas de ser humana.

Com amor,
Carol Miltersteiner 💛
.
PS:
Se esse texto melhorou o seu dia de alguma forma, multiplique isso compartilhando com alguém ou deixando um 😍 aqui pra que ele seja mostrado pra mais e mais pessoas nessa rede social.
.
Se você estiver chegando agora, me siga @carolmilters para textos, lições e reflexões sobre a vida, sobre saúde mental, sobre trabalho e sobre sucesso. Todxs são bem-vindxs. 🤗

Carol Milters

Carol Milters

Escritora & Investigadora da Saúde Mental no Trabalho | Síndrome de Burnout & Workaholismo

Autora do livro "Minhas Páginas Matinais: Crônicas da Síndrome de Burnout", idealizadora da 1ª Semana Mundial de Conscientização da Burnout e do grupo de apoio online Burnoutados Anônimos.

DEIXE SEU COMENTÁRIO E CONTINUE A CONVERSA

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Artigos e dicas sobre saúde mental no trabalho, síndrome de Burnout, workaholismo e escrita terapêutica no seu e-mail:

Mais crônicas

Perfeição não existe

Em abril de 2021, o Fernando Barros @nandocom entrou em contato comigo pra noticiar o Burnoutados Anônimos, o grupo de apoio online que eu havia fundado alguns

Continue lendo »

Artigo em destaque

0
O que achou deste texto? Me conta nos comentários 💛 x