Crônicas

O que esperar de si hoje?

Arquivo_002 (1)

O processo de recuperação nunca é linear, e ele varia pra cada um de nós.

No entanto, existem alguns estágios que são comuns – e pra mim, é importante entender onde eu me situo pra saber o que esperar de mim mesma naquele momento.

Quando é difícil sair da cama, eu não posso esperar produzir como nunca.

E essa cobrança interna só retarda a nossa retomada.

Tem dias em que sair da cama é uma conquista a ser celebrada.

Não se diminua por isso.
Faça o que está ao seu alcance hoje e um pouquinho mais.

Não é sobre esticar a corda até ela se romper (como bem disse a Vera na minha entrevista ontem à Rádio Manawa).

É sobre operar dentro da tua zona de tolerância, expandindo devagarinho, sem pressa e com muita autocompaixão.

Isso funciona muito melhor do que se cobrar, se exigir, e se punir por não fazer o suficiente.

Confia em mim.
Eu já tentei.

O que você pode esperar de si mesma hoje?

Com amor,
Carol Miltersteiner 💛

Carol Milters

Carol Milters

Escritora & Investigadora da Saúde Mental no Trabalho | Síndrome de Burnout & Workaholismo

Autora do livro "Minhas Páginas Matinais: Crônicas da Síndrome de Burnout", idealizadora da 1ª Semana Mundial de Conscientização da Burnout e do grupo de apoio online Burnoutados Anônimos.

DEIXE SEU COMENTÁRIO E CONTINUE A CONVERSA

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Artigos e dicas sobre saúde mental no trabalho, síndrome de Burnout, workaholismo e escrita terapêutica no seu e-mail:

Mais crônicas

Obrigada Holanda!

Ontem fez 5 anos que vim pra Holanda em definitivo e tirei meu registro de residente.Parece que foi ontem.Parece que foi há uma vida inteira.

Continue lendo »

Artigo em destaque

0
O que achou deste texto? Me conta nos comentários 💛 x