Eu escrevi um livro.
Sem saber que estava escrevendo.

A cada dia, eu ia me acostumando a colocar as neuras, as decepções, as perguntas, os medos e os encantamentos no papel (digital). As palavras surgiram em inglês, e eu tenho algumas teorias que explicam isso (tema pra outro post). Por isso, o protótipo impresso que você vê na foto é em inglês.

Mas a tradução chega logo, logo
(UPDATE: Já chegou 😍)

Esse livro foi feito de forma independente – o que não quer dizer que eu o tenha feito sozinha.

Das amigas que leram versões prévias, ao namorado que revisou cada vírgula, à família presente em peso nos agradecimentos, aos professores e professoras de YouTube que me ensinaram muito do que eu sei hoje sobre autores independentes, aos revisores que toparam essa encrenca, às gráficas e distribuidoras, tem a mão e a inspiração de uma vila inteira.

É uma coleção de 40 crônicas com variados tamanhos, formatos e temas, selecionadas entre os escritos que me ajudaram no processo de cura da #sindromedeburnout.
Dá um orgulho danado ter essas páginas nas mãos.

O meu principal objetivo com esse livro é trazer um pouquinho de esperança e alento a quem passa por questões parecidas, a quem enfrenta #depressao#ansiedade, ou a quem tem sofrido com o peso que a vida pós-moderna impõe no nosso equipamento mental.
.
Clica lá no link pra saber mais e ajude essa autora independente a amplificar sua voz.

Com amor,
Carol Miltersteiner 💛

<b>CAROL</b> MILTERS

CAROL MILTERS

Escritora & Investigadora da Saúde Mental no Trabalho | Síndrome de Burnout & Workaholismo

DEIXE SEU COMENTÁRIO E CONTINUE A CONVERSA

0 0 votes
Avaliação deste texto
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Artigos e dicas sobre saúde mental no trabalho, síndrome de Burnout, workaholismo e escrita terapêutica no seu e-mail:

MAIS DROPS

0
O que achou deste texto? Me conta nos comentários 💛 x
()
x