O poder vem de dentro.

Descobrir o que só você tem,
aceitar que, como dizem as mães, “você não é todo mundo”,
reconhecer-se potente é uma transformação necessária.

Pessoas que se sentem poderosas transmitem isso pro mundo, e a vida concorda, mais cedo ou mais tarde.

Antes de você torcer o nariz, saiba que isso não é ilusão de autoajuda.

@amycuddy é professora na @harvardhbs e estuda, há anos, o poder de nos sentirmos emocionalmente presentes nas situações da vida.

O livro dela, “O poder da presença”, é um tratato embasado em evidências de décadas de pesquisa da psicologia e das ciências cognitivas. No livro, ela convoca, especialmente, pessoas que não têm essa sensação de poder inato. Gente que nasceu em situação de vulnerabilidade, pessoas com ansiedade crônica, minorias.

Existem transformações possíveis, que começam de dentro pra fora.

O poder a que ela se refere é interno, não o “poder sobre”. É o sentimento de potência. Como disse a @namaste.de.boas no nosso coworking quarta-feira, é poder enquanto VERBO.

Assisti um vídeo da @beyonce, que é o caso mais evidente de alguém que reconhece, assume e usa o seu poder pra transformar a si e ao mundo. E vê-la criando o seu próprio espaço no mundo me inspira a levantar as manguinhas e criar o meu.

O poder vem de dentro.

Estude.
Se inspire.
Pratique a autocompaixão.
Se conecte com o que você tem de BOM.
Pare de olhar pro que te falta e te conecta com o que você tem em abundância pra transbordar no mundo.

A gente precisa do teu poder.
Estamos só esperando a tua ascensão. 👑

Com amor,
Carol Miltersteiner 💛

<b>CAROL</b> MILTERS

CAROL MILTERS

Escritora & Investigadora da Saúde Mental no Trabalho | Síndrome de Burnout & Workaholismo

DEIXE SEU COMENTÁRIO E CONTINUE A CONVERSA

0 0 votes
Avaliação deste texto
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Artigos e dicas sobre saúde mental no trabalho, síndrome de Burnout, workaholismo e escrita terapêutica no seu e-mail:

MAIS DROPS

Assim se faz um livro

Assim se faz um livro. Assim? Como? Experimentando. Deixando vir sem julgamento nenhum, sem análise, sem premissa lógica. Organizando o suficiente pra que haja fluxo,

Continue lendo »

Respostas

Existem muitos e muitos jeitos de viver,De trabalhar,De se relacionar. Mas a gente tem tanto medo de fazer erradoQue nos socorremos,Desesperados,DesertadosCegos,Nos discursos de quem parece

Continue lendo »
0
O que achou deste texto? Me conta nos comentários 💛 x
()
x