Crônicas

Arquivo_007

Tem alguém que acredita MUITO em ti.
Sabia?
.
(Não, não sou eu. Apesar dessa carinha carismática. Eu nem te conheço. Cuidado com o que andam te dizendo nessa internet 😂)
.
Alguém que sabe do que tu é capaz.
Que te enxerga além dos teus dias chuvosos.
Além dos teus tropeços.

Alguém que lê os teus manuscritos.
Alguém que ouve as tuas ideias, tarde da noite.

Alguém que joga uma ideia nova junto.
Que te ajuda a construir um mundo inteiro dentro e fora de ti.
Alguém que te acrescenta.

Existe essa pessoa.
Em algum lugar aí.
Eu juro.
.
Se você tá vivo, viva, hoje, é porque essa pessoa existe.
Se você não consegue lembrar de cabeça em quem é essa pessoa, tem algo errado.
Se as pessoas que estão contigo te puxam pra baixo, tem algo muito errado – contigo ou com as pessoas (com os dois, eu diria).
E talvez você esteja dando ouvidos pras pessoas erradas.

Não tô falando de alguém que vai concordar sempre contigo – credo.
Tô falando em alguém que vai somar numa discussão, sabe?
Mas que, acima de tudo, ACREDITA em ti.

Ouve essa pessoa.
Agradece essa pessoa.
Abraça ela forte quando puder.
Marca ela aqui, se por um acaso ela também usar essa rede social altamente opcional.

E não esquece de SER essa pessoa pros outros também.

Essas são pessoas que nos mantém (relativamente) sãs. 🤪💛.

Carol Milters

Carol Milters

Carol Milters

Escritora & Investigadora da Saúde Mental no Trabalho | Síndrome de Burnout & Workaholismo

Autora do livro "Minhas Páginas Matinais: Crônicas da Síndrome de Burnout", idealizadora da 1ª Semana Mundial de Conscientização da Burnout e do grupo de apoio online Burnoutados Anônimos.

DEIXE SEU COMENTÁRIO E CONTINUE A CONVERSA

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Artigos e dicas sobre saúde mental no trabalho, síndrome de Burnout, workaholismo e escrita terapêutica no seu e-mail:

Mais crônicas

Obrigada Holanda!

Ontem fez 5 anos que vim pra Holanda em definitivo e tirei meu registro de residente.Parece que foi ontem.Parece que foi há uma vida inteira.

Continue lendo »

Artigo em destaque

0
O que achou deste texto? Me conta nos comentários 💛 x