Crônicas

Temor aos dias ruins

Arquivo_006

Voltando à vida devagarinho, depois de uns dias no casulo.
Dias de cansaço.
Dias de mal sair da cama.
Eu sempre detestei esses dias.

Me sentia inútil.
Me sentia dispensável.

Temia não voltar à ativa.
Temia não ser produtiva de novo.
Temia perder o bonde, ver a vida passar deitada na cama.

Mas odiar esses dias nunca me fez sair deles.
Me culpar pela inércia nunca me tirou dela.

Muito pelo contrário.
Me colocava numa angústia ainda maior, numa ansiedade ainda mais paralisante.

Com os anos, eu fui aprendendo a receber esses dias quando eles chegavam.

Depois do Burnout, esses dias se multiplicaram, e se tornaram implacáveis.

Hoje, eu já sei que eles estão sempre à espreita.
Eu sei que eles chegam.

Mas também sei que eles se vão, mais cedo ou mais tarde, pelo passar do tempo, pela medicação, pela terapia, pelo meu autocuidado, pela minha autocompaixão.
Quando eu parei de temer os dias ruins, eles começaram a perder o poder sobre mim.

Eles não foram embora – e tudo bem.
Eles me ensinam muito.
Me autorizam a descansar, me colocar de volta no prumo, reacessar quem eu sou e botar a Netflix em dia. 😇

E é por esses dias que quando rio, eu rio alto.
É por eles que eu canto, dublo, danço, gesticulo.
É por eles que eu amo tanto ouvir as árvores balançando, as crianças rindo e as ondas batendo.

Porque se eu estou lá pra ver essas coisas todas, é porque os dias ruins passaram de novo, e tá tudo bem aqui dentro.

E se tá tudo bem aqui dentro, eu consigo ver o mundo como ele é, e a vida como ela é:
Insana &
Caótica &
Linda

Carol Miltersteiner💛

Carol Milters

Carol Milters

Escritora & Investigadora da Saúde Mental no Trabalho | Síndrome de Burnout & Workaholismo

Autora do livro "Minhas Páginas Matinais: Crônicas da Síndrome de Burnout", idealizadora da 1ª Semana Mundial de Conscientização da Burnout e do grupo de apoio online Burnoutados Anônimos.

DEIXE SEU COMENTÁRIO E CONTINUE A CONVERSA

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Artigos e dicas sobre saúde mental no trabalho, síndrome de Burnout, workaholismo e escrita terapêutica no seu e-mail:

Mais crônicas

Obrigada Holanda!

Ontem fez 5 anos que vim pra Holanda em definitivo e tirei meu registro de residente.Parece que foi ontem.Parece que foi há uma vida inteira.

Continue lendo »

Artigo em destaque

0
O que achou deste texto? Me conta nos comentários 💛 x