Eu sei que você quer dar conta de tudo.

Eu sei que você quer ter a casa impecável, entregar todos os projetos, cuidar de você e da família com todo o zelo do mundo.

Talvez você esteja querendo impressionar alguém com a sua exímia capacidade de lidar com todas as incertezas e todo o caos lá fora.

Mas olha, deixa eu te dizer uma coisa.
Você não precisa provar p**ra nenhuma pra ninguém.

Você precisa fazer o que é realmente importante.

Pra isso, você precisa, primeiro, pensar no que é importante.

O que vai fazer a diferença na sua casa, no seu trabalho, no seu casamento?

Lavar a louça todos os dias é tão essencial assim?
Atender às demandas de todo mundo é tão necessário assim?

O seu gestor prefere que você ande pra lá e pra cá como uma galinha sem cabeça ou que você seja assertiva e diga, “isso não faz parte do meu escopo”, ou “isso não vai fazer diferença neste momento”? O seu filho prefere te ver esfregando o chão todo o dia ou prefere que você dê uma assustada na poeira e ter tempo pra brincar com ele?

Você prefere dormir exausta ou dormir realizada?

Essas escolhas são difíceis, eu sei.
E a gente vai escolher errado todos os dias, em uma área ou outra da vida.
Tudo bem.

Mas tenta refletir um pouco antes de dizer sim pra tudo e pra todos.

Tenta respirar fundo e pensar, “eu PRECISO fazer isso?” Se eu tivesse essa consciência, anos atrás, isso teria me poupado de MUITO sofrimento.

Não tenha medo de não fazer porque não quer.
Tenha medo de não fazer porque já não consegue mais.

Porque uma hora pode ser que você não dê conta das coisas mais valiosas da sua vida.

Com amor,
Carol Miltersteiner 💛

<b>CAROL</b> MILTERS

CAROL MILTERS

Escritora & Investigadora da Saúde Mental no Trabalho | Síndrome de Burnout & Workaholismo

DEIXE SEU COMENTÁRIO E CONTINUE A CONVERSA

0 0 votes
Avaliação deste texto
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Artigos e dicas sobre saúde mental no trabalho, síndrome de Burnout, workaholismo e escrita terapêutica no seu e-mail:

MAIS DROPS

Luto coletivo

Muita gente não sabe, mas a pandemia nos impõe lutos que vão além das mortes. Já é doloroso o suficiente presenciar a crise de todos

Continue lendo »

Esse tal de propósito

“Propósito” vem do latim “proponere“: colocar à frente. Quando a gente consegue se conectar com a ideia de propósito, o trabalho é esse mesmo: colocá-lo

Continue lendo »
0
O que achou deste texto? Me conta nos comentários 💛 x
()
x