Crônicas

Tem gente que surta para dentro. Tem gente que surta para fora.

IMG_2056

Mas a origem não é tão diferente do que parece.
Sabe aquela pessoa que dá esporro nos outros?

Que, quando tá estressada, desconta em todo mundo?

Pois é.

É um jeito torto, errado e muitas vezes violento de dar vazão a alguma dor psíquica, a algum medo, a alguma necessidade emocional não atendida.

Qual a diferença real entre o chefe que grita na reunião e uma criança se atirando no chão de um supermercado quando a mãe se nega a comprar algo?

(Além do fato de que a criança não tem RESPONSABILIDADE sobre os seus atos e ainda não se espera que ela já saiba lidar com as emoções por ser… criança 😉)

Agora, pensa em quem surta pra dentro.

Eu,
você,
pessoas com ansiedade,
depressão.

Já parou pra pensar que muita dessa violência que a gente vê dessas pessoas a gente causa pra nós mesmos, sem se dar conta também?

Já parou pra pensar o quanto você grita com você mesma em silêncio?

Já parou pra pensar o quanto você se agride sem ninguém ver?

Qualquer dor não sentida,
qualquer medo não trabalhado,
qualquer emoção jogada pra baixo do tapete,
qualquer uma,
vai explodir,
mais cedo ou mais tarde,
na nossa própria cara
ou na cara de alguém.

Reflita sobre a frase da imagem com um meio de, talvez, ter um pouquinho de empatia com quem explode de um jeito diferente de você.

Porque SEMPRE vai ter alguma bagunça pra juntar depois.

Sempre.

Que a gente (re)aprenda a sentir.

E que a gente evolua,
individual e coletivamente,
no que fazemos com as nossas emoções e com as nossas dores.

Com amor,
Carol Miltersteiner 💛

Carol Milters

Carol Milters

Escritora & Investigadora da Saúde Mental no Trabalho | Síndrome de Burnout & Workaholismo

Autora do livro "Minhas Páginas Matinais: Crônicas da Síndrome de Burnout", idealizadora da 1ª Semana Mundial de Conscientização da Burnout e do grupo de apoio online Burnoutados Anônimos.

DEIXE SEU COMENTÁRIO E CONTINUE A CONVERSA

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Artigos e dicas sobre saúde mental no trabalho, síndrome de Burnout, workaholismo e escrita terapêutica no seu e-mail:

Mais crônicas

Obrigada Holanda!

Ontem fez 5 anos que vim pra Holanda em definitivo e tirei meu registro de residente.Parece que foi ontem.Parece que foi há uma vida inteira.

Continue lendo »

Artigo em destaque

Sem corte seco

Quando foi a última vez que você ficou esperando o computador ligar? Que você ficou sentado ali, olhando por minutos, enquanto ele iniciava o sistema operacional. Você parte de uma tarefa para outra em um instante? O quanto você está presente?

Leia mais »
0
O que achou deste texto? Me conta nos comentários 💛 x